Walking toward ipsas adoption: a discussion about brazilian public sector changes under the perspective of institutional theory

No Thumbnail Available
Date
Journal Title
Journal ISSN
Volume Title
Publisher
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC/SP
Abstract
Description
This study who aims to examine the influences of institutional forces on the process of convergence in governmental accounting in Brazil. Beside de introduction, the second section outlines the adoption of IPSAS in Brazil. In the third part, we approach, from the institutional theory NIS point of view, specific from the mimetic, normative and coercive pressures, this process of change in Brazilian government accounting; and finally, we made some final considerations on the subject. We discuss some real cases of Brazilian context on IPSAS adoption, based on direct observation, several informal interviews with different agents on Brazilian’s public sector in different levels and various institutions and literature review. Is important point that the examples showed here are not and do not pretend to be exhausted, but only illustrative. Our intention is foment the debate and clarify some institutional pressures who exists in this process. We suggest as next steps could be to examine qualitative factors such as: the quality of the financial statements; impact on wider management practices (are budgets based on accruals, the use of the balance sheet to inform decision making, etc.); and whether external stakeholders (citizens, elected members, societal  groups, etc.) consider that the introduction of IPSAS has improved  accountability.
Este estudo tem como objetivo examinar as influências de forças institucionais no processo de convergência em contabilidade governamental no Brasil. Além da introdução, a segunda seção descreve a adoção das IPSAS no Brasil. Na terceira parte, abordamos, do ponto de vista da teoria institucional do NIS, específico das pressões miméticas, normativas e coercitivas, esse processo de mudança na contabilidade do governo brasileiro; e, finalmente, fizemos algumas considerações finais sobre o assunto. Discutimos alguns casos reais do contexto brasileiro sobre a adoção das IPSAS, com base em observação direta, várias entrevistas informais com diferentes agentes do setor público brasileiro em diferentes níveis e várias instituições e revisão de literatura. É importante ressaltar que os exemplos mostrados aqui não são e não pretendem estar esgotados, mas apenas ilustrativos. Nossa intenção é fomentar o debate e esclarecer algumas pressões institucionais que existem nesse processo. Sugerimos como próximos passos o exame de fatores qualitativos, tais como: a qualidade das demonstrações contábeis; impacto em práticas de gerenciamento mais amplas (são orçamentos baseados em acréscimos, uso do balanço patrimonial para informar a tomada de decisão, etc.); e se as partes interessadas externas (cidadãos, membros eleitos, grupos sociais etc.) consideram que a introdução das IPSAS melhorou a prestação de contas
Keywords
Citation
Collections